A história de Sandra & Bert

Podemos apresentar-nos? Somos Bert e Sandra, 53 e 52 anos, nascidos e criados na Flandres. Temos dois filhos adultos e mudamos para Portugal permanentemente no início de 2018.

Quando fomos convidados pelo An-Sofie da Immo Portugal para partilhar a nossa história sobre Portugal, não tivemos de pensar durante muito tempo.

Na primavera de 2013, conhecemos Portugal. O persistente inverno sombrio levou-nos a climas mais quentes durante as férias da Páscoa. Foi assim que acabamos no Algarve. Foi uma surpresa agradável. O país, a cultura, as praias e principalmente as pessoas deixaram-nos com uma impressão inesquecível.

De regresso à Bélgica, Portugal não nos deixou. Fomos procurar informações sobre as diferentes regiões. Logo ficou claro que o centro de Portugal e especialmente a costa de prata parecia a área ideal para uma segunda residência.

Houve uma altura em que dissemos um ao outro: “Comprar algo no exterior, nunca ousaríamos …” Mas como Bert trabalhava na Bélgica há muitos anos no sector imobiliário, poderíamos livrar-nos rapidamente do “joio” ao procurar uma casa em Portugal, separando o “”trigo” e resolutamente trabalhado com Immo Portugal, que tem um escritório em Portugal e na Bélgica.

Ficamos encantados com o nosso lindo apartamento em São Martinho do Porto. Sempre que pudemos, vinhamos para aqui para aproveitar a boa vida. E assim cresceu o desejo de mais …

Durante muitos anos tive o sonho de começar um B & B. Por isso, quando fomos procurar uma segunda casa em Portugal em 2015, tivemos imediatamente várias condições: a casa tinha de ser adequada para fazer um “B & B” mais tarde. Os requisitos absolutos foram tantas casas de banho como quartos, quartos espaçosos, piscina e uma bela vista. E assim compramos a nossa casa na Serra de Pescaria, com vista para as colinas, natureza e mar.

Esse “mais tarde” pareceu estar muito longe a certa altura. E começamos a pensar “fora da caixa”. Por quê esperar até termos direito à reforma?
Ainda estaríamos em condições de começar com um B & B? Quanto mais pensávamos e discutíamos sobre isso, mais a perspectiva se alterava.
Nós pensamos que seria uma boa ideia fazer uma mudança nessa direcção com mais 15 anos activos.

Claro que não foi uma decisão fácil. Afinal, na Bélgica, temos nossos filhos, pais, família, amigos, conhecidos e contactos sociais.

Mudarmos para Portugal significou muito para os nossos filhos e pais, a minha irmã, o ver a família menos frequentemente (mas … agora vemo-nos, aqui e na Bélgica mas sempre com tempo de qualidade!), Sair do trabalho, deixar os colegas, o lazer para mudar de vida …

E, apesar de sempre termos afirmado que uma casa ‘, é um monte de pedras “, parar e pensar em vender a casa onde vivemos quase 30 anos com alegrias e tristezas partilhadas, onde os filhos foram criados, deram-se conselhos, onde adoramos o jardim e muito mais … não é e não foi fácil.

Mas uma coisa é certa: escolher uma vida diferente em Portugal foi uma escolha positiva. Nós não saímos porque era tudo mau na Bélgica, ou porque não gostávamos do nosso trabalho ou estávamos aborrecidos com as pessoas ao nosso redor. Não, nós viemos para cá porque queremos realizar esse sonho e nos arrependeríamos pelo resto de nossas vidas se não ousássemos dar esse passo.

Temos ainda um bom número de anos antes de termos direito a uma reforma, e nós temos apenas uma vida e é isso que nós, especialmente juntos, queremos fazer para o resto da nossa vida activa: proporcionar aos nossos clientes umas boas férias num país bonito, mimos com uma boa cama e delicioso pequeno-almoço. Dar-lhes dicas para viagens na área, na escolha de bons restaurantes, trabalhar duro, mas sempre com uma sensação de férias em segundo plano.

O que também contribuiu para este grande passo agora é a percepção de que a vida é finita. Desde muito cedo aprendemos que a vida pode trazer desagradáveis acontecimentos. Quando perdemos um bebe, atravessamos um período cheio de dor e tristeza, mas acabamos como um casal mais forte (graças a muitas pessoas diferentes à nossa volta …). Já sabíamos que juntos poderíamos lidar com tudo, afinal, já tínhamos experimentado o pior que pode acontecer. Por causa da morte de nosso filho, também aprendemos a colocar muitas coisas em perspectiva; não nos incomodarmos com coisas insignificantes ou sem importância, desfrutando das pequenas coisas, natureza, boa comida e bebida, familiarizando-nos com pessoas de todas as nacionalidades. Ou seja aquilo que encontramos aqui.

Desde Fevereiro de 2018,  vivemos aqui permanentemente, o nosso B & B está a funcionar a toda velocidade, e o apartamento está sempre alugado nos meses de ferias.

Gostamos de fazer actividades em conjunto com os nossos clientes, totalmente … Ficamos satisfeitíssimos quando ouvimos muitos comentários agradáveis ​​após a sua estadia connosco é o que nos motiva e dá uma enorme satisfação para continuar e para melhorar.

Entretanto, nós compramos outro apartamento (mais pequeno) porque queremos decorar o último quarto da casa (que foi temporariamente o nosso quarto) como um quarto B & B. É com prazer, que ao ficar no nosso apartamento aconchegante, que será equipado com os nossos móveis e pertences que vamos trazer da Bélgica e que iram chegar amanhã ao B & B, que mimamos os nossos clientes com um pequeno-almoço variado.

Quem poderia ter pensado há cinco anos que agora vivemos permanentemente em Portugal? Nós certamente que não! Mas não nos queixamos nem por um momento.
Trabalhamos duro (mas sem stress) e ao mesmo tempo aproveitamos ao máximo. E sabe, talvez tenhamos que comprometer os padrões de vida a longo prazo, mas o que conseguimos com a qualidade de vida aqui não tem preço!

www.portugala.eu
B & B O Pescador
[email protected]
Tel Bert: 00351 936 136 765
Tel Sandra: 00351 936 136 763